!DOCTYPE html> 2 3 4 5 6 7 8 9 10
11 38 39
 

Peeling herbal (Green peel)

Camomila, arnica, calêdula, lavanda, erva cidreira, alfazema, malva. A combinação dessas ervas e de outras mais, resulta em uma fórmula que proporciona uma pele saudável, limpa e rejuvenescida. Batizado de peeling herbal profundo, o método foi desenvolvido por uma equipe de médicos alemães e testado em vários países do mundo com a finalidade de esfoliar e remover a camada superficial da pele por meio de aplicações da mistura de ervas naturais.

Depois de 40 anos de existência nos países da Europa e de 10 anos de introdução no Brasil, a fórmula pode ser encontrada também em cidades no Japão. Muitas esteticistas fazem o curso e começam a desenvolver a técnica em suas cidades.
As profissionais que fazem o curso destacam que a mistura é puramente natural e não possui aditivos químicos ou substâncias abrasivas sintéticas. Sua principal ação é estimular uma forte irrigação sanguínea local e remover as camadas superficiais da pele. Essa irrigação intensifica a formação de células da camada germinativa e estimula a desintoxicação e o metabolismo celular e resulta em uma visível regeneração da pele. Obs: Ceritique se a sua esteticista é realmente licenciada e possui formações para realizar esse tipo de peeling.

REAÇÕES

A esfoliação da pele sem a utilização de produtos químicos é feita durante a massagem que não pode ultrapassar 10 minutos, no rosto, e 20 minutos no corpo. Durante a massagem ocorre uma leve esfoliação na camada superficial da pele, em que a circulação sanguínea local é ativada e aumenta a oxigenação das células.
Após a aplicação do produto, a pele fica vermelha e com uma leve sensação de ardor semelhante àquela provocada por um banho de sol. Muitas esteticistas comentam que reações alérgicas da pele após o peeling ainda não foram comprovadas. Em alguns casos pode ocorrer reações devido a intensidade da massagem inapropriada e do descuido no tempo, que não deve ultrapassar os 10 minutos.
No terceiro ou quarto dia após a aplicação do produto, a pele começa a descamar naturalmente. Nesse período, o paciente não deve lavar o rosto com água. Também é estritamente proibido remover a camada de pele esfoliada diretamente com os dedos principalmente enquanto ainda houver uma aderência parcial à parte inferior da pele.
O tratamento inclui um kit específico, formulado à base de produtos naturais, que apresenta uma loção herbal e um bloqueador solar. O primeiro deve ser usado até o quinto dia do tratamento. Já o segundo é indispensável durante duas semanas após o peeling. A exposição a raios solares deve ser evitada durante quatro semanas. Vapor de panela, carro abafado e sauna também devem ser evitados.
Esses produtos são importantes para o tratamento porque são ricos em nutrientes, cuja função é transportar alimentos à nova pele em alto estado de absorção. Muitas esteticistas recomendam que após a descamação seja utilizado um hidratante rico em água, que pode ser comprado pela própria esteticista que possui conhecimento e licença para esse tipo de peeling. Tanto o bloqueador solar quanto a loção herbal são produtos específicos da mesma linha. Eles são entregues pelas esteticistas após o peeling. É importante que o cliente use os produtos três vezes ao dia – manhã, tarde e noite. As aplicações podem ser feitas de 30 em 30 dias e, preferencialmente, no inverno.

INDICAÇÃO

Para conseguir bons resultados, o peeling herbal profundo é recomendado para pele seborréica, átona, pálida, com poros dilatados, envelhecida, com manchas de sol; cicatrizes (seqüelas de acne, acidentes, queimaduras); envelhecimento das mãos e manchas senis (de velhice); celulite e estrias; flacidez abdominal; coxas e braços; manchas de depilação na virilha ou axila.
Como o tratamento não atinge a corrente sanguínea é indicado também para pessoas que tenham diabetes e pressão alta. No entanto, é contra-indicado para grávidas e mulheres que estão amamentando. Quem tem vitiligo deve apresentar uma autorização médica.
O cliente não pode estar usando, em hipótese nenhuma, qualquer tipo de ácido na pele. Caso esteja, deve dar uma pausa de 30 dias para depois iniciar o tratamento.
Antes de iniciar o tratamento, é necessário fazer um exame para constatar as condições da pele. Em seguida, é realizado um teste para verificar se o cliente tem algum tipo de alergia.
O processo de regeneração da pele ocorre entre 14 e 28 dias após a finalização da fase esfoliativa. Até esse período a pele encontra-se no seu estado de absorção. Os resultados dependem muito do poder de regeneração de cada tipo de pele.
Por isso, cuidados especiais de apoio ao processo de restauração da pele são aconselháveis, tais como alimentação adequada rica em vitaminas, um estilo de vida saudável com exercícios ao ar livre bem como a redução drástica do consumo de cigarros e outros vícios nocivos à saúde.
Em peles com estrias vermelhas, o tratamento recupera até 80% do problema, já nas bancas há uma melhora de 60%. O peeling também diminui as cicatrizes de espinha, celulite e sinais de envelhecimento das mãos e rosto.

OS BENEFÍCIOS DO TRATAMENTO

O peeling herbal profundo foi desenvolvido por uma equipe médica e testado em vários países do mundo. Suas principais propriedades são:
Circulatório: ativa intensamente a circulação sanguínea no local trabalhado, estimulando o metabolismo celular e conseqüentemente contribuindo para a desintoxicação da pele.
Descamação: através do processo esfoliativo há uma intensificação da reprodução celular na camada germinativa da pele. Conseqüentemente forçando uma regeneração notável da epiderme e das camadas superficiais da cútis.
Neoformação de colágeno em detrimento da elastose: resulta no melhoramento da superfície e qualidade da pele em cor, relevo, estiramento, provocando um alisamento de cicatrizes.