!DOCTYPE html> 2 3 4 5 6 7 8 9 10
11 38 39
 

Peeling Diamantado

“Peeling" é um termo da língua inglesa que significa descamar ou descamação. Este termo foi adotado pela Dermatologia para o método terapêutico de esfoliação da pele envelhecida ou doente através de agentes químicos e/ou físicos.

O peeling de diamante nada mais é do que um tipo de dermoabrasão que tem como função incentivar a renovação da pele, assessorar na remoção de cicatrizes, manchas de pigmentação e rugas finas restaurando a estrutura da pele.

Ao contrário dos outros métodos utilizados em estética facial, o peeling de diamante ou também chamado de peeling diamantado, é menos invasivo e causa menos danos em razão do tamanho dos cristais de diamante proporcionando, assim, um procedimento seguro e indolor eliminando a necessidade de anestesia.

Vale ressaltar, ainda, a vantagem de se trabalhar/utilizar o peeling de diamante em comparação com outras técnicas, tendo em vista que não há liberação de pó, ficando suas partículas totalmente armazenadas na válvula de escape, que trabalha em conjunto com o peeling de diamante.

O procedimento do peeling diamantado não requer qualquer tipo de recuperação permitindo que os pacientes retornem imediatamente para seu trabalho diário e atividades sociais. Apenas é necessário ficar mais atento com o cuidado em lidar com a nova pele. Durante esse período faz-se necessário o uso de protetor solar, evitanto ficar próximo a objetos muito quentes ou ficar exposto à luz solar direta.

Ponteiras