!DOCTYPE html> 2 3 4 5 6 7 8 9 10
11 38 39
 
100657161_2647702862002261_3620131365753
important.png

Ocitocina hormônio do amor

Importante: tem propriedades antienvelhecimento.

Nove aminoácidos formam este neuropeptídeo fundamental para o amor e empatia.

Ocitocina, também chamada de oxitocina, é um hormônio produzido pelo hipotálamo e liberado a partir da neuro-hipófise na corrente sanguínea. São encontrados receptores de ocitocina em células de todo o corpo.

Esse hormônio exerce importantes funções no organismo e nas sensações de prazer e afeto. Por esse motivo, também é conhecido como o “hormônio do amor”.

Junto com a dopamina, a serotonina e a endorfina, a ocitocina faz parte do grupo chamado de “neurotransmissores da felicidade”. Eles possuem a função de aumentar as sensações de bem-estar e diminuir estresse, ansiedade e melhorar quadros depressivos.

Um recente estudo realizado, aponta mais um benefício da ocitocina, reparação dos músculos envelhecidos.

O hormônio liberado durante a amamentação, durante o sexo e até mesmo durante um abraço caloroso, ou uma massagem, poderia se transformar em tratamento viável para a perda muscular relacionada à idade. Associada com afetos sociais e românticos, a ocitocina aumenta a libido e é conhecida por criar laços sociais, familiares e afetivos.

seta+anterior.png